Notícias

11jul

Sedentarismo atinge 1 em cada 4 adultos no mundo e põe saúde em risco

Um em cada quatro adultos não pode ser considerado praticante de atividade física, diz a Organização Mundial de Saúde (OMS). Essa estatística é pior entre os adolescentes de 11 a 17 anos: quatro em cada cinco são sedentários.

Os dados preocupam, uma vez que estudos recentes apontam o sedentarismo como responsável por níveis maiores de glicose no organismo, além de aumentar o risco de mortalidade de modo geral. Além disso, pessoas que não praticam atividade física têm mais chance de desenvolver condições como infarto, acidente vascular cerebral, câncer de mama e câncer colorretal, por exemplo.

Para diminuir as taxas de doenças associadas ao sedentarismo, os países-membros da OMS se comprometeram com a redução dessa condição em 10% até 2025, e em 15% até 2030. A atividade física também ajuda no controle do peso e contribui para a saúde mental.
 

FONTE:
Portal G1

REDAÇÃO:
Prática 
Enviar por email O preenchimento do nome é obrigatório. O preenchimento do email é obrigatório. O preenchimento do nome do destinatário é obrigatório. O preenchimento do email do destinatário é obrigatório.

Obrigado! Seu email foi enviado.

Fechar