Notícias

06jul

Perda de massa muscular faz idosos caminharem lentamente e impacta na longevidade

Uma pesquisa publicada pela Universidade Carnegie Mellon, nos Estados Unidos, constatou que os idosos caminham a uma velocidade menor e cansam mais rapidamente devido à perda de força e massa nos músculos das pernas.

Esse declínio no desempenho da marcha, segundo os pesquisadores, é capaz de levar a um estilo de vida sedentário, contribuindo para a piora do estado geral de saúde do idoso.

Por isso, os estudiosos apontam que incentivar medidas que permitam a construção e reparação dos músculos das pernas (como exercícios de musculação e pilates) ajuda a tornar a caminhada mais fácil, estimulando uma vida mais ativa e equilibrada.

Segundo dados da Fundação Internacional de Osteoporose, 4% dos homens e 3% das mulheres com idade entre 70 e 75 anos, e 16% dos homens e 13% das mulheres com 85 anos ou mais, apresentam perda acentuada da massa muscular.

 

FONTE:
Portal Revista Saúde é Vital

REDAÇÃO:
Prática 
Enviar por email O preenchimento do nome é obrigatório. O preenchimento do email é obrigatório. O preenchimento do nome do destinatário é obrigatório. O preenchimento do email do destinatário é obrigatório.

Obrigado! Seu email foi enviado.

Fechar